Atitudes que fazem o relacionamento do casal dar certo

Seleção de filmes eróticos disponíveis na Netflix
22 de maio de 2018
filme pornô
Faça seu próprio filme pornô com vídeo caseiro
11 de julho de 2018

Atitudes que fazem o relacionamento do casal dar certo

Conheça os sete verbos que você precisa praticar para ter um relacionamento feliz

 

Há um novo modo masculino de pensar a vida a dois que pode surpreender as mulheres. Silenciosamente, o sexo oposto tem passado por uma transformação social e também pessoal. E isso faz toda a diferença quando o assunto é namoro ou casamento. O homem está buscando mais intimidade consigo mesmo. Esse processo inclui intensificar o papel de pai e valorizar outras esferas da vida. O aspecto profissional não é mais o único foco importante. Esse contexto favorece um bom encontro com as mulheres. Mas, para viver um amor adulto, ambos enfrentam desafios. O casamento convoca os casais a gerenciar as frustrações e expectativas em relação à vida a dois. É um exercício para um vínculo maduro.

Se os homens estão numa frequência nova, é hora de você se atualizar também. Confira os sete verbos que você precisa praticar, na versão deles, para garantir uma relação feliz. E não é simplesmente teoria. Cada verbo foi definido com base nas experiências com a mulher amada.

 

1. Rir

 

Bom humor é o requisito básico no comportamento das parceiras. Um olhar com mais leveza e graça no dia a dia muda tudo para melhor. Mesmo no meio da turbulência ou até de uma discussão, uma frase engraçada ou um comentário irônico do bem ajudam a baixar a pressão e a pensar: Será que isso é tão sério assim? Não dá para seguir em frente mesmo nessa situação? Minha mulher é a minha companheira na vida – e todo mundo sabe que alguém mal-humorado estraga qualquer viagem. Esse é o ponto.

 

2. Respeitar

 

Sem respeito, nada funciona. E há dois aspectos nos quais eles se sentem desrespeitados: a dificuldade em ter um tempinho para programas masculinos e, quando conseguem, o controle das parceiras. As que mostram jogo de cintura ganham mil pontos. O homem gosta de tomar uma cerveja, jogar bilhar, organizar um churrasco no fim de semana. E, quando ele volta, não deve haver cara feia. O casal constrói essa confiança e se valoriza muito por isso. O grude atrapalha. Quanto mais espaço, melhor. Liberdade é fundamental para um casamento feliz.

 

3. Desejar

 

Surpresas eróticas e shows sensuais em plena quarta-feira à noite? Não é nada disso que eles realmente valorizam. Reconhecem a importância do sexo nas relações duradouras, mas, em contraste com a ala feminina, têm uma visão menos fantasiosa e mais realista do assunto. As pequenas coisas que elas fazem é que pode seduzir os homens, o jeito como ela fala com os filhos, a maneira como conduz uma situação. Eles observam, gostam daquilo e passam a desejá-la. Fica o toque: nem sempre é uma atitude explicitamente sensual que desperta a libido deles. O desafio, hoje, não é só desfrutar de liberdade sexual, e sim manter a intimidade e a cumplicidade no cotidiano para que, quando estiverem juntos, o sexo seja bom.

 

4. Dividir

 

Compartilhar tarefas e responsabilidades – financeiras, profissionais, com filhos, casa etc. – passou a ser “cláusula contratual”. No entanto, eles acham que isso deve ser feito sem rigidez nem papéis preestabelecidos. Às vezes eles ficam com as crianças nos fins de semana para que a esposa possa trabalhar. Eles, muitas vezes, vão a um evento na escola do filho enquanto ela participa da reunião de condomínio, por exemplo. Até mesmo tocam a rotina noturna com as crianças: dão jantar, banho e fazem dormir. Assim, a mulher ganha um tempinho para ir à academia. Isso é dividir, sem pesar pra uma das partes.

 

5. Superar

 

O casal consegue superar problemas quando um acolhe o outro em momentos de fragilidade, acreditam os homens. E aí a relação se fortifica. Os homens esperam que as mulheres saibam lidar com as insatisfações com o parceiro ou o relacionamento – o que permite enfrentar decepções sem desmoronar. E não se trata só das grandes crises. Entram aqui as pequenas manias, chatices e até a TPM, um teste de paciência para eles. Eles garantem que, com bom humor e docinhos, o saldo mensal de brigas despenca.

 

6. Mimar

 

Eles também gostam de ser mimados. É verdade que muitos já consideraram supérfluos esses agradinhos, mas mudaram de ideia quando foram tocados pela varinha mágica da delicadeza. Quebra o feijão com arroz da relação. Mimar é uma ação sutil. Gestos mínimos podem surtir efeito. Um mimo alegra quem recebe e também quem dá.

 

7. Admirar

 

Poder olhar para o outro e pensar: “Esse é o cara” ou “Essa é a mulher” dispara o termômetro da felicidade conjugal. E os homens garantem que não é só a aparência que conta. Se ela cortou ou clareou o cabelo, eles nem percebem. Ou melhor, percebem, mas não ligam tanto para a embalagem. Gostam do conteúdo: o jeito articulado dela, a maneira como resolve as coisas e um mistério que, muitas vezes, ela deixa no ar. O admirar não é puramente contemplativo e estético. Eles querem ser reconhecidos como o melhor educador do filho dela, o marido mais legal e um amante especial. No jogo da admiração, cada um entra em campo disposto a encantar seu par – e ambos vencem.

 

E vocês, o que acham? Deixe sua opinião aqui nos nossos comentários.

 

 

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *